maldita abstratização do corpo

ontem estive a ouvir o viriato soromenho-marques numa conferência às voltas com a “transição” no teatro maria matos. já não é a primeira vez que me interesso muito pelas introduções imensas dele e depois sinto que fecha tudo e vai para um lugar comprimido e árido onde não o posso acompanhar. queria ter deixado no ar algumas considerações mas também não me pareceu que na compressão de pensamento a que foi chegando e no apertamento do tempo para a discussão houvesse alguma ondulação possível.

como falou muito da revolução industrial enquanto um turning point na caminhada humana atiro ao ar uma poeira que sinto impossivel de ser considerada na dimensão que vejo.

essa tal forma de vida que se foi concretizando com a revolução industrial:

-abstratizou o corpo

-promoveu a desimplicação singular na criação de caminhos de vida

-incutiu a urgência da quantidade

-afastou-nos da experiência directa das distâncias, das texturas, das pressões, dos alargamentos

-criou pavor do atravessamento do risco, do desconhecido, do erro e da incerteza estipulando modelos fixos de relacionamento com pessoas e coisas.

-bloqueou o encontro tendo aberto a porta à actual sistematização de formas de estar e conversar como os world cafés e outros do género.

—————————————————————————————

para além de que sempre que oiço falar de corpo, de singular, de micro me parece que há uma grande incapacidade de ouvir esse corpo, esse singular, esse micro sem ser a partir da consideração de conjuntos de corpos, de singulares e de micros que são então dissecados para se auscultar as partes constituintes…então o corpo é uma “parte”? então a “soma dessas partes” é que faz o mundo? até os tecidos do corpo sabem que há mais do que partes para serem tecidos

ai ai ai

——————————————————————————-

talvez um dia se ouvíssemos mesmo a selvajaria que o corpo vai sendo tivessemos mais confiança em atravessar

sofia

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: