O Pedras’13 hoje desde aqui

Falta pouco mais de um mês… um pouco mais de um mês é o quê? é continuar a olhar a onda e atravessar a altura do mar… não embater na parede de água… Os dias do festival aproximam-se e ao mesmo tempo eu aproximo-me deles, sabendo que quando nos cruzarmos uma grande parte passará ao lado um do outro, mas estando atenta ao que é possível ser atravessado no então que será agora e no onde que será aqui. São já oito anos de perguntas, de desconfiar da prontidão das respostas, de afinar as mãos para deixarem escorregar por entre elas  as respostas ao que não perguntei e permitirem a aderência das pequenas formulações que correspondem ao que ainda não sei completamente perguntar. É densidade de caminhar num chão-com-o-pé nenhum dos dois se configurando sozinho… é um caminho invisível porque não deixa rasto nem inscreve direcções a seguir. Para se ver é preciso estar aqui e agora. É assim para mim o Pedras’13 hoje desde aqui.

28-05-2013 – margarida

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: