o primeiro encontro no centro de acolhimento temporário da rua da boavista

vendo bem, vendo bem já serão incontáveis os encontros que desde o ano passado vamos criando para atravessar estas membranas que dificultam estar juntos. vontade há, pertinência também, mas para começar é sempre importante já estar a continuar.

enquanto hoje passeio a minha atenção por esmigalhar bolachas, fazer o pino, espalhar chantili, entrar e dividir corpos em salas diferentes,cortar morangos, brincar às escondidas, atravessar para a cozinha, ouvir música num dispositivo que cabe à solta na palma da mão, jogar ao macaquinho do chinês, não poder dizer palavrões, gritar, rir, esperar, misturar, sacudir o chocolate da camisola…aparecem os nomes joão—— joaquim—–zé pedro——-andré——- tiago——-martinho—-aparecem nomes que são pessoas, são sonhos, são vidas…são começos e continuações…uma grande alegria, não sabemos o que vai ser cada dia seguinte mas hoje é sábado de manhã, o dia entrou azul e as gargalhadas do encontro continuam a ressoar em mim como ontem.

qual vai ser a actividade? não sei. e qual é a actividade que preparaste tu? eu nada. eu nada também.jogamos à bola? a actividade já foi comer a sobremesa. jogamos à bola? podíamos só antes brincar às escondidas. isso é coisa de putos. vamos? contas a té 20? ai eu conto até 31. tu vens a correr e bates na parede e dizes 1-2-3-não salva ninguém… ficas tu

pois não salva ninguém mas lá que vibra, vibra, pulsa, está vivo

sofia

DSCF1502

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: