Continuando a saga do encontro com o pai do Mário…

Da última vez que nos vimos, eu e o Paulo-pai marcamos mais uma conversa antes de começar as quintas-feiras com o Mário… e dessa vez deixamos o nosso encontro com hora, dia e local marcadíssimos… e  então, penso: agora é que é, as coisas começam a correr bem, temos até um encontro marcado como deve ser… e se você acha que as coisas são assim, tão lineares, numa sucessão tão correctamente encarrilhada, elas, as tais coisas começam a desconfiar desse movimento de exactidão vindo somente de um lado e começam a empurrar tudo a volta até que se possam também mexer… que injustiça achar que é só deixar tudo planeado e alinhado que então, a partir da minha capacidade de planeamento, o curso das coisas obedecerá as minhas previsões tão narrativas… Chego na hora, no local do encontro… e… onde estará o Paulo? E o encontro marcado não pode acontecer…

Vou até a Escola da Madalena entregar uma fanzine, e a Professora Elda me conta que na última quinta-feira (anteontem) o Mário ficou quase uma hora me esperando, pois acreditava que nossos encontros já tinham começado…

E realmente já começou Mário… Obrigado por confiar nisso e com tal força, que posso mesmo considerar que podemos ultrapassar todos os impasses e estarmos lado a lado, e que às vezes é preciso continuar o encontro mesmo quando nos vemos cheios de impossibilidade de ver as coisas fora de uma linha tão certa, tão recta, tão fora daquilo que já podemos!

 

DSC06763

 

Lyncoln

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: