largo de são domingos-mouraria-graça, pode ser o que for mas é isto

ontem estivemos entre 3 paisagens de lisboa que vibram em frequências diferentes.

nos estudos de embriologia fico muito tempo nesse(s) momento(s) em que o 1 é 2, o 2 é 1, em que cada uma daquelas pulsações celulares redondas pode vir a ser corpo ou espaço, embrião ou placenta, olho, fígado, osso, cérebro—como a especialização em ser o que vai sendo é um processo de acontecer cadenciado. em que o dentro e o fora são o mesmo não sendo.

não é indiferente estar no largo de são domingos, na rua da mouraria frente à guitarra, na horta do monte, nas escadinhas do caracol da graça. o que o corpo que vai sendo sofia ouve em cada “aqui” é exatamente esse(s) momento(s) em que podia ser o mesmo mas especializa-se em ser “assim”. tão forte essa sensação que estou muda.

escrevo mesmo para abrir tempo de reflexão agora, para que me possa deter-com, abrir o tempo de pensar, de ver, sem pressa de significar,

tempo em que a fala é muda. é essa a fala, aquela que não se configura em fala, que sinto ajustado falar hoje. tudo o que estou a escrever não é o que estou a escrever, só estou a abrir tempo de estar a escrever-com. de ouvir a escrita da fala muda, de ouvir o delay de quem lê o que não estou a escrever.

sofia

Assembleia Popular da Graça e Arredores vai organizar um Mercado de Trocas no Sábado (16 / Fevereiro / 2013) entre as 11:00h e as 16:00h no Clube Desportivo da Graça (Rua Senhora Glória, nº 16).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: