O Sol só aparece aqui em finais de Fevereiro princípios de Março, diz o sr. Carlos

Chove um compasso líquido, a Rua Barros de Queirós, pequena, encurvada, corredor entre, de tanto se passar e passar por lá. Na Antiga Havaneza do Tio do Sr. Carlos, os santos para todos os bens e males se atropelam para serem vistos e verem os passantes. No ar lateja migração de poeiras, pessoas, luzes, palavras, línguas, que seguem pela direita e pela esquerda, já não se paga 20 escudos de multa se forem achados fora do percurso que devia ser, as pessoas são agora mais toupeiras e andam por baixo da terra. A  Sra. Dezatadora de Noz, muito conhecida no Brasil, é uma imagem de tradição Alemã do séc XVIII, uma pintura. As imagens se espalham e brincam connosco, os seus olhares de estou aqui. estou aflita. olhem estes. credo doninhas !!!, estou-te a ver. ups! fiz asneira…

Ajuntamo-nos mais uma vez ali, mais a meio da rua, atravessamos com guarda chuvas, brincamos, escrevemos, dançamos, falamos…

porque vens ali, porque vais ali?

Para nada, degustando o ar húmido, o passo frio, a claridade nocturna do fim de um dia de trabalho, o som da chuva no chapéu, o quente dos casacos…

até amanhã…

pedro

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: