rua cruz dos poiais, albergue noturno, janela do pedras13

começar o pedras sem casa…

não vinhamos juntos, uns chegavam daqui, outros dali, outros já lá estavam e fomos entrando no albergue noturno da rua cruz dos poiais que alberga 50 e tal homens entre os 25 e os 60 anos.

o primeiro encontro do pedras foi num lugar que a maior parte de nós não conhecia, um palácio daqueles que quanto mais percorres mais encontras para percorrer…com horta e tudo…o rodrigo foi um simpático abraçador da nossa chegada. apresenta-se como o animador do espaço, esteve no iscte mas zangou-se. queria estudar essas formas de vida sem vida, sem reconhecimento de existência, a que chamam sem abrigo. agora está neste lugar criando formas de fazer mexer o espaço. a vizinhança não vê com muitos bons olhos estas pessoas, talvez porque são uns marmanjos sem terra e não umas crianças ou outro tipo de vida mais mimosa.

o senhor manel trata de criar ervilhas, couve galega, alface, feijão, favas…quando às vezes sobra até vendem pela vizinhança e sempre se atenua o mal estar por aqueles lados. o senhor que faz as projeções de filmes vai à frente á tasca da isabelinha e tem livre trânsito por detrás do balcão. o costa é um melga que não se cala mas também não faz mal a ninguém embora digam que vende granadas e tenha a intenção de matar algumas criaturas.

no outro dia passaram um filme que traz a história de um casal de mulheres, levantou confusão….principalmente quando as tais mulheres se puseram a ver um filme dentro do filme que trazia a história de um casal de homens…

sentámo-nos pelo chão de uma sala que afunda de um lado e tem uns quadros sangue azul a espreitar das paredes. as pessoas que ali dormem entram ás 6 e saem às 8 da manhã já com pequeno almoço tomado. então o espaço de azulejos oferecidos por dona maria, escadarias de pedra, salões com grandes janelas, jardim e horta, fica com quem vem limpar e com quem organiza as coisas….fica mais vazio sim…nasce o sol e até se por fica o espaço quase vazio, mmmmmmmmm.

a segurança social paga um x por cada pessoa que lá dorme, a misericórdia indica o lugar a quem sinaliza nas ruas, mas as condições financeiras são insustentáveis. a casa enorme esburacada de infiltrações, mal nutrida, meio abandonada…

o primeiro encontro do pedras foi um encontro com as vidas e os lugares destas paisagens misteriosas

fiquei com a ideia de que todo o pedras poderia acontecer ali que seria na mesma infinito…

a isabelinha da tasca fez-me um chá preto muito forte, diz que só bebe chá se estiver doente mas que no casarão do albergue há muita erva príncipe. gosto tanto desse chá.

o sino a tocar as 6 e nós a ter que sair, os homens lá fora á espera. nós eramos muitos hoje, aí uns 30…os que esperavam para entrar lá fora ainda só uns 10.

alguém sugeriu que nos encostássemos a um canto para “ver eles a entrarem”

felizmente ensurdecemos, deixámos cruzar uns entrando outros saindo, ninguém estava ali para “ver” ninguém, entram uns e saem outros—-boa noite boa noite

uns ficaram a beber cerveja, outros a conversar em cantinhos, outros começaram a descer a rua de costas…

eu vim andando com esta sensação de começar algo que já está começando e continuando.

sorrir

sofia

One comment

  1. Rod

    “eu vim andando com esta sensação de começar algo que já está começando e continuando”- Ainda bem.Somos na linguagem e a realidade está-se nas tintas para as palavras com que a possamos descrever, com reticências e tudo mmmmmmmm. Foi bom dar um uso outro ao salão das escadarias de pedra e ter-vos no albergue já que creio na força do bater de asas das borboletas, nos anjos e nos deuses da Natália Correia. Esperando tudo não esperando nada faço votos que os Pedras 2013 chegue a Bom Porto e já se sabe uma grande viagem começa sempre por um pequeno passo.Caminhemos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: